saude   / Verde poderoso

Brócolis é um superalimento e deveria ser consumido a cada três dias, sabia?

Lembrando também que o consumo não deve ser exagerado!

VIVA SAÚDE Publicado sexta 16 outubro, 2020

Lembrando também que o consumo não deve ser exagerado!
Brócolis é um superalimento e deveria ser consumido a cada três dias, sabia? - Freepik

Todo mundo deveria comer brócolis a cada três ou quatro dias!

É isso que indica o geneticista Jack Juvik da Universidade de Chicago. O especialista escreveu um artigo científico sobre o vegetal publicado no jornal internacional Molecular Breeding, e participou de um grande estudo sobre a hortaliça na Universidade de Illinois.

Segundo ele, o brócolis é considerado um superalimento e pode ajudar de diversas maneiras na saúde do corpo humano. A publicação de 2016 mostrou que o consumo de compostos fenólicos desse vegetal está associado a um menor risco de doença coronariana, diabetes tipo II, asma e vários tipos de câncer. "Pessoas cujas dietas consistem em um certo nível desses compostos terão um risco menor de contrair essas doenças ", explicou Juvik em seu artigo.

O especialista ainda disse que esses compostos não duram para sempre, então é necessário comer brócolis ou algum outro vegetal do tipo brássica (como couve, agrião e rúcula) a cada três ou quatro dias para reduzir o risco de câncer e outras doenças degenerativas.

 

+++ VEJA TAMBÉM: Pasta de amendoim previne câimbras e é perfeita para o pré-treino 

+++ VEJA TAMBÉM: Anvisa aprova novo rótulo nas embalagens de alimentos: Uma 'lupa' indicará o alto teor de sódio, gordura saturada ou açúcar

 

Confira mais benefícios do vegetal:

Ajuda a combater doenças pulmonares e cardiovasculares
O sulforafano presente no brócolis ajuda o organismo a combater infecções causadoras de inflamação nos pulmões e nas artérias.

 

Dá à pele um brilho saudável
A vitamina C do brócolis ajuda na formação do colágeno, elemento essencial para uma pele saudável.

 

Aumenta a sobrevivência ao câncer de mama
Um novo estudo sugere que o consumo de brócolis e outros vegetais crucíferos melhora a probabilidade de sobrevivência ao câncer de mama. De um grupo de mulheres estudadas na China, 62% tiveram menos chances de morrer em decorrência do câncer de mama e 35% delas tiveram menos chances de recorrência com uma dieta regular de vegetais crucíferos, quando comparadas às mulheres que não seguiam esse tipo de alimentação.

 

Previne o câncer de bexiga
Um estudo constatou que homens que ingeriam cinco ou mais porções de vegetais crucíferos por semana tinham metade da probabilidade de desenvolver câncer de bexiga, ao longo de um período de 10 anos, quando comparados aos homens que raramente os comiam. O brócolis e o repolho foram apontados como os alimentos mais protetores.

 

Ajuda na perda de peso
A maioria das pessoas consome pouca vitamina C, e um estudo comprovou que adultos com deficiência dessa vitamina podem ser mais resistentes à perda de peso. Em contrapartida, pessoas que tinham níveis adequados de vitamina C no organismo queimavam 30% mais gordura após uma sessão de exercícios que pessoas com vitamina C baixa.

 

Mas, qual a melhor forma de cozinhar esse alimento?


O brócolis é muito versátil e pode participar de várias receitas deliciosas. As melhores maneiras de se cozinhar o vegetal é ao vapor, no forno ou em uma frigideira com um pouco de caldo ou água. Esses métodos são melhores do que mergulhá-lo em água fervente, pois alguns dos minerais e vitaminas se perdem e acabam ficando na água. Esse alimento cozido deve ter uma cor verde viva e ser tenro o suficiente para ser cortado com uma faca e ainda assim permanecer crocante.

 

Lembrando também que o consumo não deve ser exagerado. Apesar de rico em fibras e vitaminas, o vegetal também pode causar flatulência e inchaço abdominal.

Último acesso: 30 Oct 2020 - 06:45:53 (572).