saude   / Maternidade

Gravidez: Tratamento ortomolecular proporciona equilíbrio e saúde para mães e seus bebês

O processo geralmente é feito por meio do uso de substâncias mais naturais na alimentação, reeducação alimentar e uso de suplementos

VIVA SAÚDE Publicado segunda 28 dezembro, 2020

O processo geralmente é feito por meio do uso de substâncias mais naturais na alimentação, reeducação alimentar e uso de suplementos
Gravidez: Tratamento ortomolecular proporciona equilíbrio e saúde para mães e seus bebês - Freepik

A maternidade é, sem dúvidas, um dos momentos mais especiais na vida de uma mulher, trazendo mudanças emocionais, pessoais, físicas e químicas.

E, uma delas é a alteração no sistema imunológico da gestante, sabia? 


Como prova, um estudo promovido em 2017 pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, que concluiu que o sistema imunológico se altera durante a gravidez, tornando o corpo da mulher mais vulnerável contra infecções, gripes e resfriados. Por isso, medidas extras devem ser tomadas para preservar a saúde da mãe e do seu bebê.


+++ VEJA TAMBÉM: Com seus diversos benefícios, feijão pode ser um grande aliado do emagrecimento e pode ser ingerido no jantar
+++ VEJA TAMBÉM: Ricota é uma ótima opção - com pouco sódio tem maior concentração de proteínas que os queijos  
No início da gravidez, a imunidade do corpo enxerga o feto como um invasor e vai se adaptando ao longo da gestação. A mulher não se torna necessariamente mais fraca, mas seu corpo reage de uma maneira diferente, tendo que cuidar tanto do bem-estar da mãe quanto do bebê.

Assim, para evitar qualquer contratempo e manter uma gestação saudável, uma alimentação especial e específica para cada mulher deve ser colocada em prática. A medicina ortomolecular é um método alternativo perfeito para fortificar a saúde da gestante.

A medicina ortomolecular é muito ampla e complexa. Nós usamos suplementos, ingredientes ou certos produtos específicos para cada pessoa e cada aspecto. No caso das mulheres grávidas, as opções são ainda mais amplas pois englobam dezenas de variáveis, como o sistema hormonal, semanas de gestação, idade da mulher, estilo de vida, ganho de peso e, obviamente, o bebê”, explicou a médica Márcia Umbelino para o portal Viva Saúde. 

Além disso, o tratamento ortomolecular enfatiza a suplementação das refeições para ajuste dos nutrientes faltantes ou em excesso em cada corpo.

EFEITOS DO TRATAMENTO

Dessa forma, combina vitaminas, minerais, aminoácidos e enzimas para uma alimentação mais equilibrada e elimina os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular. Muito além de prevenir doenças e levar a perda de peso, o tratamento traz mais disposição para o indivíduo e ajuda a retardar o envelhecimento.

Os resultados podem ser vistos no dia a dia quando aliados a mudanças no estilo de vida.

MULHERES GRÁVIDAS 
“Existe uma gama de benefícios da medicina ortomolecular para mulheres grávidas. Um exemplo: o uso de betacaroteno, uma substância carotenóide que permite um bronzeado fixo sem a necessidade de exposição excessiva ao sol. Outro exemplo é o uso de pycnogenol, uma combinação de quarenta diferentes compostos naturais que evitam melasma. Indico também a biotina, uma vitamina que fortalece a pele, unhas e cabelos”, explicou a doutora. 

Também, o processo geralmente é feito por meio do uso de substâncias mais naturais na alimentação, reeducação alimentar e uso de suplementos, mas precisa essencialmente do empenho do paciente e de acompanhamento qualificado.

Apenas um médico ortomolecular pode prover uma dieta personalizada, suprindo as deficiências químicas e fisiológicas, ao mesmo tempo que protege o bebê, guiando a paciente para uma vida materna equilibrada e com a saúde preservada.

Último acesso: 23 Sep 2021 - 11:11:40 (848).