Publicidade

Doria anuncia “fase emergencial” em São Paulo

A nova fase aumentará restrições para catorze atividades, incluindo bares, restaurantes, escolas e serviços

Doria anuncia “fase emergencial” em São Paulo – Pexels

O governador João Doria anunciou hoje, dia 11, medidas mais restritivas para conter o avanço da pandemia da covid-19 em São Paulo. Ele divulgou uma “fase mais restritiva”.

Publicidade

A fase foi batizada de “fase emergencial” e será imposta entre os dias 15 e 30 deste mês. A nova fase aumentará restrições para catorze atividades, incluindo bares, restaurantes, escolas e serviços.

+++ VEJA TAMBÉM: Alimento aliado da mulher: Abóbora melhora a saúde feminina da fertilidade à menopausa
+++ VEJA TAMBÉM: Evitar comer o mesmo alimento mais de uma vez por dia ajuda a perder peso; Leia mais 

MEDIDAS DA FASE EMERGENCIAL

— Toque de recolher entre 20h e 5h

Publicidade

— Proibição de uso de praias e parques

— Proibição completa de qualquer aglomeração

— Proibição de cerimônias religiosas coletivas

Publicidade

— Proibição de atividades esportivas coletivas

— Proibição de retirada de alimentos em restaurantes e bares (permitido apenas drive-through e entrega em domicílio)

— Uso obrigatório de máscaras em ambientes internos e externos.

Publicidade

— Trabalho remoto obrigatório em órgãos públicos e privados, desde que não sejam atividades essenciais

Além disso, o governo forneceu os seguintes dados referentes à pandemia em SP:

  • Taxa de ocupação de leitos UTI (estado) – 87,6%
  • Taxa de ocupação de leitos UTI (capital) – 86,7%
  • Internados em UTI no estado – 9.184
  • Internados em enfermaria no estado – 11.692

Publicidade