saude   / Adalia Rose

Aos 15 anos, morre a youtuber Adalia Rose, portadora da ''doença de Benjamin Button''

Adalia Rose sofria com a condição de envelhecimento precoce e mostrava o seu dia a dia nas redes sociais

Viva Saúde Publicado sexta 14 janeiro, 2022

Adalia Rose sofria com a condição de envelhecimento precoce e mostrava o seu dia a dia nas redes sociais
Adalia Rose sofria com a ''doença de Benjamin Button'' - Instagram/adalia06

Aos 15 anos de idade, a youtuber Adalia Rose Williams morreu, nesta quarta-feira, 12, no Texas, Estados Unidos. A jovem sofria com a síndrome de Hutchinson-Gilford, também conhecida como “doença de Benjamin Button” - referência ao filme O Curioso Caso de Benjamin Button (2008) -, caracterizada pelo envelhecimento precoce em crianças.

Com mais de 400 mil seguidores no Instagram, Adalia mostrava o seu dia a dia com a condição e, em diversos vídeos, sempre esteve acompanhada de sua mãe, Natalia Pallante. Com apenas três meses de vida, Adalia foi diagnosticada com a enfermidade

Conforme explicação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), essa é uma doença genética rara. Queda de cabelo, perda de gordura subcutânea, pele enrugada e fina, voz aguda e veias ressaltadas são alguns dos traços da enfermidade e que se apresentavam em Adalia

+++ Morre ator que interpretou Batoré, em ''A Praça É Nossa'', após luta contra câncer

“12 de janeiro de 2022, às 19h, Adalia Rose Williams foi libertada deste mundo. Ela entrou em silêncio e saiu em silêncio, mas sua vida estava longe disso. Ela tocou MILHÕES de pessoas e deixou a maior marca em todos que a conheceram. Ela não sente mais dor e agora está dançando ao som de todas as músicas que ela ama. Eu realmente gostaria que essa não fosse a nossa realidade, mas infelizmente é”, comunicou a família, no Instagram de Adalia. 

Ainda, a família agradeceu os profissionais de saúde que acompanharam a jovem durante a convivência com a doença: “Queremos agradecer a todos que a amaram e apoiaram. Obrigado a todos os médicos e enfermeiros que trabalharam por ANOS para mantê-la saudável. A família agora gostaria de lamentar essa grande perda em particular”

+++ Pré-cadastro para vacinar crianças já está disponível, conforme anúncio do Estado de São Paulo

+++ Felipe Neto, Juju Salimeni e mais: depressão afeta 59% dos brasileiros na pandemia

DOENÇA DE BENJAMIN BUTTON: HÁ CURA?

Conforme artigo no site da Fiocruz, ainda não há cura para a doença de Benjamin Button, e a expectativa de vida é de 14 anos para meninas e 16 para meninos. Ainda, crianças portadoras da doença sofrem com osteoporose e, geralmente, o falecimento precoce é causado por aterosclerose.

Último acesso: 29 Jan 2022 - 10:15:25 (3877).