saude   / Importante saber

Alimentação consciente: Qual o melhor açúcar para se consumir?

O excesso do consumo de qualquer variação desse ingrediente pode prejudicar a saúde

VIVA SAÚDE Publicado sexta 16 outubro, 2020

O excesso do consumo de qualquer variação desse ingrediente pode prejudicar a saúde
Alimentação saudável: Qual o melhor açúcar para se consumir? - Freepik

Melado de cana, demerara, mascavo, orgânico, cristal e por aí vai. As opções para adoçar um simples cafézinho, fazer um bolo ou um prato de doce vão muito além do açúcar refinado, também conhecido como branco, o mais famoso e o menos indicado pelos especialistas.

O excesso do consumo de qualquer variação desse ingrediente pode prejudicar a saúde e até mesmo levar à morte. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a diabetes já afeta quase um em cada onze adultos no mundo e os níveis elevados de açúcar no sangue estão relacionados a 3,7 milhões de mortes todos os anos.

Por isso, é necessário ficar atento não só ao tipo de açúcar que é consumido mas também à quantidade ingerida [como qualquer outro ingrediente]. Entende-se por excesso mais que vinte e cinco gramas por dia, o equivalente a cerca de seis colheres de chá, quantia limite indicada pela OMS. 

Além disso, na conta dessa quantidade máxima deve entrar não somente as colheres do ingrediente que adicionamos ao suco por exemplo, mas também todo o açúcar contido nos alimentos que consumidos durante o dia, como um chocolate, bolo ou refrigerante.

 

+++ VEJA TAMBÉM: Anvisa aprova novo rótulo nas embalagens de alimentos: Uma 'lupa' indicará o alto teor de sódio, gordura saturada ou açúcar
+++ VEJA TAMBÉM: Efeito sanfona nunca mais: tenha uma rotina de exercícios e estabeleça horários para se alimentar


E, falando sobre os tipos de açúcar, o demerara e o mascavo são uma das opções mais saudáveis porque passam por pouco refinamento e não recebem nenhum tipo de aditivos químicos, conservando cálcio, ferro e sais minerais. Ou seja, ambos são extraídos da cana e têm grãos mais rústicos, escurecidos e com alto valor nutricional. Enquanto o mascavo tem um sabor forte, o demerara é mais suave.

Outras opções são o melado de cana, que adoça bastante e não passa pelo refinamento, sendo rico em em ferro, cálcio, selênio, manganês e cobre e, o açúcar orgânico, também de coloração escura, mais saudável que o refinado por utilizar uma cana sem agrotóxicos e nenhum aditivo químico. Lembrando que esses dois tipos são menos saudáveis que o demerara e mascavo.

Já os açúcares de frutose, como o de coco e de milho, têm alto valor nutricional e baixo valor glicêmico quando comparados com o açúcar refinado da cana. Outra opção com baixo nível glicêmico é feita a partir da folha da estévia, um adoçante natural. Ela pode ser encontrada em gotas ou em pó, sendo uma das melhores escolhas para os diabéticos. Apesar de ser uma variação saudável, muitos se queixam do sabor.

 

Fato é que, como já foi ressaltado, qualquer açúcar, mesmo que menos refinado, continua sendo AÇÚCAR. Então, é preciso comer com bastante moderação.

Último acesso: 30 Oct 2020 - 08:16:57 (570).