culinaria   / Pimentas ardentes

Está pegando fogo! Confira as cinco pimentas mais ardidas do mundo

Muito utilizada na culinária, a ardência dessa especiaria é medida pela Escala de Scoville, criada em 1912

Viva Saúde Publicado quarta 6 outubro, 2021

Muito utilizada na culinária, a ardência dessa especiaria é medida pela Escala de Scoville, criada em 1912
Pimentas mais ardidas do mundo - Pexels/Engin Akyurt

Se tem um alimento que divide gostos, é a pimenta. Isso, basicamente, por conta de sua picância, em que alguns aderem a essa característica para compor molhos, por exemplo, e outros fogem desse sabor. Aliás, para quem come a especiaria e bebe água em seguida, a chef de cozinha Rita Lobo alerta em vídeo do canal Nhac GNT: “a pimenta não é hidrossolúvel, não dissolve na água. Por isso que quando você come pimenta e toma um gole d’água parece que queima ainda mais”.

Quando se fala de feitos positivos, a nutricionista Tatiana Zanin, no vídeo “PIMENTA faz bem e ajuda a emagrecer”, no canal Tua Saúde, explica que a pimenta é utilizada até mesmo como analgésico. “Muitas pomadas que você vai comprar na farmácia para passar a dor, quando está com uma dor muscular no ombro, na lombar, tem capsaicina ou piperina, que são os elementos funcionais da pimenta”, desse modo, o alimento “realmente ajuda a passar a dor localizada. É um analgésico natural”.

+++ Salada de salmão com abacate: receita saborosa e refrescante; fica pronta em 20 minutos

+++  Atenção com o cérebro! Confira 4 alimentos que ajudam na memória

E foi em 1912 que o farmacêutico Wilbur Scoville elaborou um método para medir a ardência das pimentas, chamado de Escala de Scoville ou Unidade de Calor Scoville (SHU, na sigla em inglês). Com base nisso, saiba quais são as cinco pimentas mais ardentes do mundo.

Carolina Reaper

Com 2.200 milhões SHU, essa é a pimenta mais picante do mundo de acordo com o Guinness World Records. Tanto que em suas áreas de cultivo, é preciso utilizar equipamentos como luvas, pois pode causar problemas na pele. 

Trinidad Moruga Scorpion

O nome dessa pimenta não nega sua origem. Nativa de Trindade e Tobago, ela possui cerca de 2 milhões SHU e, até 2013, era considerada a pimenta mais forte do mundo. 

7 Pot Douglah

Conhecida também por “Chocolate 7 Pod”, por ter uma coloração marrom, essa é a pimenta com 1.853.936 SHU. Além de ser menos ardente que as anteriores, seu sabor também é apreciado por seus consumidores.

Trinidad Scorpion Butch T

Essa pimenta australiana bateu o recorde mundial no Guinness de seu país, em 2011. Sua ardência está em 1.463.700 SHU e, mesmo tendo uma escala menor do que as anteriores, ela é considerada muito picante. 

Bhut Jolokia

Com 1.304.000 SHU, essa pimenta é muito utilizada na culinária indiana e asiática, especialmente nas cores vermelha e laranja.

Confira o vídeo no canal Tua Saúde:

Último acesso: 26 Oct 2021 - 03:07:47 (3383).