saude   / Presta atenção!

Genético? Doce? Veja e entenda alguns mitos sobre a obesidade!

Infelizmente, há muitas informações falsas a respeito desse assunto, o que só prejudica as pessoas nesse quadro

Viva Saúde Publicado quarta 13 janeiro, 2021

Infelizmente, há muitas informações falsas a respeito desse assunto, o que só prejudica as pessoas nesse quadro
Obesidade - Anna Tarazevich / Pexels

A obesidade, apesar de ser uma doença, ainda carrega muito preconceito.

Frequentemente, vemos suposições e inverdades propagadas na internet sobre "como tratar a doença" ou "o que é a obesidade". 

Infelizmente, muitas delas são equívocos que precisam ser discutidos.

Confira:

+++LEIA MAIS: Veja o que você pode -e não pode- fazer no pré-treino!


4 MITOS SOBRE A OBESIDADE

- "É APENAS FECHAR A BOCA"

Essa é uma das principais, afinal, não se trata apenas de comer pouco. Diversos outros fatores, como doenças hormonais, comorbidades, transtornos psicológicos podem contribuir para o ganho de peso.

- "OBESIDADE É PREGUIÇA"

A obesidade é uma doença e que precisa ser tratada, mas em momento algum pode ser tratada como preguiça ou fata de vontade. Até porque, na situação de uma pessoa obesa, podem ter fatores que limitam ou prejudicam a realização de exercícios, como lesões ou dores

- "NÃO É GENÉTICA"

Obviamente não se pode colocar 100% na conta da genética, mas é inegável que ela tem um papel importante! Isso porque, através dela, são formados o metabolismo da pessoa, a capacidade de regeneração muscular e até da perda de peso... Por isso é muito interessante, no caso de obesidade, fazer exames detalhados para saber quais exercícios mais se encaixam com as suas características.

- "É CULPA DO DOCE"

Apesar dos docinhos terem, normalmente, um alto valor energético, além de açúcar, é exagerado falar que é só doce. Como dito antes, são vários outros fatores que podem influenciar, como a genética, o sedentarismo, etc...

Último acesso: 25 Jan 2021 - 20:53:19 (1294).