Publicidade

Quais os riscos do uso excessivo de celulares para a coluna?

Ortopedista explica que o uso excessivo de celulares muda a postura adotada pelas pessoas; entenda as consequências para a saúde

Quais os riscos do uso excessivo de celulares para a coluna?
Quais os riscos do uso excessivo de celulares para a coluna? – Foto: Freepik

Recentemente, um estudo realizado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e publicado na revista científica Healthcare concluiu que o uso excessivo de celulares por jovens representa diversos fatores de risco para a saúde da coluna. O foco da pesquisa foi analisar quais os riscos de usar os aparelhos por mais de 3 horas no dia.

Publicidade

As conclusões foram obtidas a partir de um estudo realizado entre os anos de 2017 e 2018. Os pesquisadores selecionaram 1.638 alunos entre 14 e 18 anos matriculados no Ensino Médio. 38,4% dos adolescentes relataram dores nas costas no primeiro ano e mantiveram a queixa no segundo. Já a incidência foi de 10,1%.

Uso excessivo de celulares x problemas na coluna: por que acontece?

Em conversa com a Viva Saúde Digital, o ortopedista Dr. André Evaristo Marcondes explica que, atualmente, devido ao uso constante de aparelhos eletrônicos, a postura adotada pela maioria das pessoas parece ter mudado em relação à posição ereta adquirida pela evolução humana no decorrer do tempo. Assim, para uma visualização melhor das telas, há a mudança do centro de gravidade do corpo humano.

“Ocorre um aumento da flexão da região cervical associado a extensão da musculatura paravertebral por tempo prolongado. Esta posição gera uma sobrecarga de forças na região do pescoço para compensar a mudança no centro de gravidade. Estima-se que haja aumento de até cinco vezes do peso que a cabeça exerce sobre a cervical”, esclarece o profissional.

Consequências a curto e longo prazo

Os resultados de início envolvem as dores musculares causadas pela tensão e a sobrecarga da postura. Isso ocorre, principalmente, na região do pescoço e dorso. Porém, o Dr. André diz, também, que os pacientes podem sofrer com consequências a longo prazo.

Publicidade

“Com a progressão do uso destes aparelhos pode-se ter o agravamento gerando danos estruturais para a coluna vertebral a despeito de um processo degenerativo e formação de hérnias, que repercutem seriamente no ser humano”, acrescenta.

Como prevenir os problemas causados pela má postura ao mexer em celulares?

É importante entender que uma grande parcela da população terá alguma passagem no pronto socorro devido a queixas de dores na coluna. Isso acontece porque essas dores estão relacionadas diretamente à má postura e ao enfraquecimento muscular. Segundo o ortopedista, o uso de celulares pode desencadear um aumento no custo para a saúde.

“A melhor forma de prevenção consiste em um agrupamento de medidas tanto do ponto de vista de informação e conscientização sobre o uso desenfreado dessas tecnologias levando a uma má postura e suas consequências, como também da necessidade de enfatizar sobre a ergonomia do corpo humano e fortalecimento da musculatura paravertebral, a fim de minimizar os efeitos causados”, finaliza.

Publicidade