saude   / Preocupante

Mais de 70% dos indígenas da Amazônia não receberam vacina contra COVID-19

O grupo é considerados um dos primeiros na "fila" da vacinação, mas não tem se visto isso

Viva Saúde Publicado quinta 18 fevereiro, 2021

O grupo é considerados um dos primeiros na
Indígenas não receram vacina da COVID-19 - Ibadah Mimpi / Pexels

Logo nos primórdios do plano nacional de vacinação, fora colocado no grupo prioritário as populações indígenas, justamente por estarem mais afastadas e não terem acesso fácil aos hospitais e aos tratamentos.

Porém, na Amazônia, local que sofre com uma crise santiária por conta da doença, não se vê um cuidado com esse povo.

+++LEIA MAIS: Endometriose pode causar infertilidade? Especialista tira dúvidas sobre a doença

Segundo um levantamento do próprio Governo Federal, 71% da população indígena do Amazonas ainda não fora imunizada contra a COVID-19.

Se for pensar em quesitos nacionais, a situação não melhora muito, já que 62% ainda não receberam nenhuma dose.

Outro fator, mostrado pelo G1, revela que também as fake news têm um papel importante nessa baixa imunização, isso porque líderes das tribos relataram ao portal que mensagens, muitas vindo de grupos evangélicos, desmotivando a vacinação chegam nas aldeais. Entre as notícias falsas, estão a de que dentro do líquido, teria um "chip" para controlar as pessoas.

No Brasil, totalizando indígenas e não-indígenas, mais de 5 milhões de pessoas já foram vacinadas, mas o ritmo continua muito lento para os padrões internacionais e os recomendados por especialistas e autoridades competentes.

Último acesso: 16 May 2021 - 21:49:00 (1616).