saude   / Cannabis

Cannabis medicinal e saúde mental. Entenda como estudos vêm relacionando alternativa para aliviar ansiedade e depressão

Substância da cannabis medicinal pode reduzir os sintomas desses transtornos, conforme pesquisa publicada na revista Frontiers in Psychiatry

Jennifer de Carvalho com supervisão de Marina Pastorelli Publicado quarta 17 novembro, 2021

Substância da cannabis medicinal pode reduzir os sintomas desses transtornos, conforme pesquisa publicada na revista Frontiers in Psychiatry
Cannabis medicinal pode aliviar transtornos psicológicos - Pexels/Aphiwat chuangchoem

Muitos estudos acerca da cannabis medicinal vêm sendo desenvolvidos em relação a diversas doenças, e uma delas é sobre a ansiedade e depressão. No Brasil, existem sete produtos à base de maconha para o tratamento de algumas enfermidades. Pesquisadores da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto mostram que 60% dos participantes que foram submetidos a doses de canabidiol - uma das substâncias derivada da cannabis - se autoavaliaram com uma menor incidência de ansiedade, enquanto 50% responderam sobre a redução dos sintomas de depressão e 25% de burnout. A pesquisa foi publicada no Journal of the American Medical Association (Jama).

“A relação dos estudos do canabidiol, no que tange aos transtornos depressivos e ansiedade, relaciona homeostases das monoaminas, além de ação nos receptores 5hT. Mais um instrumento para tratamento da ansiedade e depressão”, diz o neuropsiquiatra Dr. Francis Silveira.

O efeito que essa forma alternativa de tratamento pode causar está ligado justamente com a modulação das monoaminas, conforme afirma o médico, pois é que o irá regular os sintomas dos transtornos.

+++ 'Cannabis': Anvisa aprova mais dois remédios à base da planta

+++ Pesquisa mostra como a Cannabis pode ser benéfica para as funções cerebrais

Um estudo publicado no dia 09 de setembro de 2021, na revista Frontiers in Psychiatry, resultou que os usuários do canabidiol relataram uma maior qualidade de sono e vida, e menos dor. De acordo com o neuropsiquiatra, os resultados de estudos são promissores para a “regulação do sono e dessensibilização aos uso de substâncias psicoativas”

A pesquisa divulgada na Frontiers in Psychiatry concluiu que o uso medicinal da cannabis pode reduzir sintomas de ansiedade e depressão, mas que ainda ainda são necessários estudos futuros controlados por placebos para uma análise mais profunda. Mas, produtos com o uso de canabidiol podem evoluir os tratamentos psicológicos. “Por ser uma substância fitoterápica, teria menor efeito colateral e poderia revolucionar desordens psíquicas”, conclui o Dr. Francis Silveira.

Último acesso: 03 Dec 2021 - 19:39:30 (3558).