saude   / Conheça!

Teste classifica nódulo de tireoide com maior sensibilidade

Se aprovado, ele passará a ser coberto pelos planos de saúde

VIVA SAÚDE Publicado quinta 25 fevereiro, 2021

Se aprovado, ele passará a ser coberto pelos planos de saúde
Teste classifica nódulo de tireoide com maior sensibilidade - Freepik

A empresa paulista Onkos Diagnósticos Moleculares desenvolveu um exame diagnóstico para nódulos de tireoide que promete ser mais sensível do que os testes disponíveis no mercado!

Por meio de biomarcadores específicos, o exame, desenvolvido com apoio do Programa FAPESP PIPE (Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas), identifica se um nódulo da tireoide classificado como indeterminado pelas técnicas atuais é benigno ou maligno, reduzindo os riscos de resultados falso-positivo ou falso-negativo.

Dessa forma, o exame molecular evita cirurgias desnecessárias, uma vez que até 30% dos exames feitos atualmente no Brasil sobre a presença ou não de câncer em nódulos da tireoide apresentam resultados indeterminados. Desse total de casos indefinidos até 84% são benignos, segundo dados da empresa.

+++ VEJA TAMBÉM: Venda de remédios sem eficácia comprovada contra a Covid dispara no Brasil
+++ VEJA TAMBÉM: Segundo especialista da OMS é necessário dar atenção à "Covid longa"

O teste começou a ser desenvolvido em 2015, em parceria com o Hospital de Amor, e foi lançado em 2018. Assim, nos próximos meses, ele poderá entrar no rol dos exames credenciados pela ANS (Agência Nacional de Saúde).

Na última rodada de propostas aberta pela instituição federal, em 2018, 1,2 mil propostas foram recebidas. Na etapa mais recente, apenas oitenta e quatro procedimentos permaneceram sob análise, entre eles o exame criado pela Onkos. Se aprovado, o teste passará a ser coberto pelos planos de saúde.

Último acesso: 19 Sep 2021 - 05:18:20 (1672).