saude   / Covid-19

Projeção afirma que vacinação contra a Covid-19 já evitou 55 mil mortes no Brasil

Projeção de pesquisador da Fiocruz afirmou que entre 40 e 55 mil mortes por Covid-19 foram evitadas por conta da vacinação

Viva Saúde Publicado quarta 21 julho, 2021

Projeção de pesquisador da Fiocruz afirmou que entre 40 e 55 mil mortes por Covid-19 foram evitadas por conta da vacinação
Ministério da Saúde aponta que apenas 16% dos brasileiros já tomaram as duas doses da vacina contra a Covid-19 - Unsplash/ Steven Cornfield

Apesar do avanço lento da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Brasil, um levantamento feito pelo pesquisador da Fiocruz Marcelo Gomes constatou que a imunização já evitou entre 40 e 55 mil mortes pelo coronavírus. 

O especialista em saúde pública também afirmou que houve uma queda de 96 mil e 117 mil nas internações pela doença que já fez 544 mil vítimas fatais no Brasil, que ocupa a segunda posição no ranking de países com mais mortos pela Sars-Cov-2. 

+++ São Paulo pretende vacinar adolescentes de 12 a 17 anos contra a Covid em agosto; especialistas da ANADEM comentam sobre o assunto

Até o momento, o país vacinou totalmente 16% dos brasileiros e, apesar da baixa porcentagem em comparação com outros países onde a vacinação está mais avançada, milhares de vidas já foram salvas pelos imunizantes. 

Para chegar nestes resultados, Marcelo fez projeções utilizando proporções dos números de casos e óbitos registrados após o pico da segunda onda da pandemia no país, mas o pesquisador alerta que as projeções não se tratam de um estudo científico rigoroso e explica:

+++ Nova orientação para vacinação Covid-19 em gestantes e puérperas é emitida pela Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo

"Os números reforçam e ilustram de forma mais palpável a eficácia das vacinas. Mostram como a vacinação faz toda a diferença na redução de casos graves e mortes e o quanto é importante voltar para tomar segunda dose". 

"É importante deixar claro que não se trata de uma análise científica rigorosa, mas sim de uma avaliação simplificada para obter estimativas da ordem de grandeza do impacto que já podemos ter alcançado com a campanha de vacinação", continuou. 

Último acesso: 24 Jul 2021 - 02:08:06 (2931).