saude   / Comportamento

Para as 'formiguinhas' de plantão: a pandemia aumentou a compulsão por doces? Psicóloga responde

A psicoterapeuta e especialista em terapia cognitiva comportamental Raquel Mello foi a responsável por conversar com a Bons Fluidos sobre o assunto

Bons Fluidos Publicado quarta 9 junho, 2021

A psicoterapeuta e especialista em terapia cognitiva comportamental Raquel Mello foi a responsável por conversar com a Bons Fluidos sobre o assunto
Para as 'formiguinhas' de plantão: a pandemia aumentou a compulsão por doces? Psicóloga responde - Freepik / bublikhaus

Quem não gosta de um doce? Para a maioria das pessoas, é algo que proporciona prazer. Porém, o exagero pode indicar um transtorno alimentar. Infelizmente, muita gente tem passado dos limites, como foi apontado pela pesquisa da Fiocruz feita em parceria com a UFMG e a Unicamp.

Entre outros indicadores, o estudo mostrou que, entre abril e maio de 2020, quase metade das mulheres está consumindo chocolates e doces em dois dias ou mais por semana. Esse aumento representa 7% a mais do que antes da pandemia.

Inserido no Código Internacional de Doenças (CID), a compulsão alimentar é um transtorno caracterizado por uma perturbação persistente na alimentação e no comportamento que resulta no consumo ou na absorção alterada de alimentos e que compromete a saúde física, social ou emocional.

Para saber mais, CLIQUE AQUI e leia a matéria completa no site da revista Bons Fluidos, parceira da Viva Saúde.

Último acesso: 13 Jun 2021 - 15:16:59 (2574).