saude   / Coronavírus

Instituto Butantan detecta três novas variantes do novo coronavírus em São Paulo

Cientistas do Instituto encontraram pacientes no estado de SP infectados com três variantes da Sars-Cov-2

Viva Saúde Publicado terça 27 abril, 2021

Cientistas do Instituto encontraram pacientes no estado de SP infectados com três variantes da Sars-Cov-2
Butantan detecta três novas variantes do SARS-Cov-2 no estado de São Paulo - Pixabay

O Instituto Butantan informou por meio de nota publicada nesta segunda-feira, 26, a detecção de três novas variantes do novo coronavírus no estado de São Paulo. Os pesquisadores descobriram que as cepas da África do Sul, Reino Unido e do Amazonas já infectaram respectivamente pacientes na região de Baixada Santista, Itapecerica da Serra e Jardinópolis. 

Pesquisadores do Instituto realizaram um sequenciamento genômico de amostras positivas para a covid-19 enviadas e foram constatadas a presença das variantes da Sars-Cov-2. Eles ainda destacaram que ainda não se sabe se estas variantes são mais transmissíveis ou agressivas, no entanto, dentre as três cepas, a sul-africana é de preocupação. 

+ VEJA TAMBÉM: Pedido para importação da vacina russa Sputnik V foi negado pela Anvisa

Após a detecção das variantes, os cientistas pretendem pesquisar o comportamento destas variantes nos pacientes para procurar formas de tratamento e verificar se elas são mais resistentes às vacinas do Instituto como a Coronavac e a Butanvac, que está sendo desenvolvida pelo próprio centro de pesquisa com tecnologia 100% brasileira. 

"É interessante para podermos entender de que forma essas variantes podem ser diferentes para os indivíduos, o que pode ser mais complicado e menos complicado, o que mudou", disse a diretora do Centro de Desenvolvimento Científico do Instituto Butantan,  Sandra Coccuzzo.

Último acesso: 26 Oct 2021 - 01:31:52 (2172).