Febre entre os famosos, entenda tudo sobre o processo de harmonização facial!

O processo, que busca dar equilíbrio estético ao rosto, caiu na graças de pessoas públicas e virou "sonho" entre as pessoas

Marcello Sapio, com a supervisão de Marina Pastorelli Publicado quinta 28 janeiro, 2021

O processo, que busca dar equilíbrio estético ao rosto, caiu na graças de pessoas públicas e virou
Harmonização facial - Karolina Grabowska / Pexels

O que famosos como Saulo Poncio, Cléo, Lucas Lucco têm em comum, além de serem pessoas públicas e influenciadores?Todos se submeteram a Harmonização facial, uma das cirurgias plásticas mais famosas de 2020 e que pode se consolidar ainda mais em 2021.

+++LEIA MAIS: O segredo da felicidade: Cientistas estudam o cérebro de Matthieu Ricard, o "homem mais feliz do mundo

O procedimento busca alinhar as expressões do rosto, deixando-as mais harmônicas, por isso o nome.

Além dos nomes citados no começo da matéria, vários outros influenciadores e famosos adotaram o método. Mas como funciona? Precisa de manutenção? O Viva Saúde conversou com exclusividade com o Dr. Amilton Macedo, dermatologista e especialista no assunto.

Ele explicou, primeiramente, como funciona o processo de harmonização facial: "A harmonização facial é a união de diversos tratamentos faciais com o objetivo de equilibrar as proporções do rosto do paciente, promovendo mais simetria e aprimorando a qualidade da pele.  Para realizar o procedimento, o dermatologista avalia a estrutura facial do paciente  para identificar quais pontos podem ser alterados, tanto no aspecto volumétrico como na sustentação do tecido, aprimorando as características individuais do paciente, sem perder a simetria e naturalidade.  Os médicos utilizam protocolos específicos para atingir um resultado harmônico na face como os bioestimuladores de colágeno, fios de sustentação, preenchedores e a toxina botulínica".

Mas será que esse procedimento é seguro? Segundo Dr. Amilton, sim! Porém, tem que ser feito por um profissional capacitado: "A harmonização fácil é considerada um procedimento seguro, mas é necessário que o procedimento  seja feito por  um médico, que tem conhecimento aprofundado sobre pele e tecidos, pois o preenchimento facial  é invasivo e se não é feito de forma correta, pode, por exemplo, atingir alguma artéria e acarretar em problemas como necroses, cicatrizes, embolia e infecções".

O especialista também comentou do porquê o procedimento ter caído na graça de pessoas influentes: "Por equilibrar a face respeitando as características individuais de cada um. Uma harmonização permite melhorar o formato e qualidade da pele do paciente de forma natural, enaltecendo a beleza dos traços naturais, além de retardar o envelhecimento prevenindo rugas e marcas de expressão".

Porém, ele faz um contraponto: "A harmonização facial ajuda o paciente a resgatar sua autoestima e os resultados são muito positivos. Mas é importante que o paciente não busque pelo procedimento somente por que os outros estão fazendo, hoje existe uma banalização dos procedimentos estéticos, e diversos profissionais e influenciadores promovendo uma ideia intangível de rejuvenescimento e beleza. É preciso entender o que faz sentido para cada paciente de forma individual e quais são suas necessidades".

FIZ A HARMONIZAÇÃO. E AGORA?

Muito se fala também sobre as manutenções que são necessárias fazer depois do primeiro procedimento.

O Dr. Amilton relatou como que funciona para manter a harmonização facial e os cuidados: "A medida que o tempo vai passando, o  acido hialurônico  vai rendo reabsorvido, então,  uma vez por ano é necessário refazer, mas nunca na mesma quantidade inicial. E essa manutenção pode ser feita com uso de cremes também.  Hoje temos o acido hialurônico em formato de creme, que potencializa o preencher".

Mas, ao caso de você se arrepender, também pode ficar tranquilo(a) porque o procedimento é algo que pode ser revertido.

Segundo o médico, o procedimento é simples: "Em geral o procedimento dura até 12 a 18 meses, e as substâncias aplicadas são degradadas com o tempo. Mas caso a pessoa queira reverter porque não gostou do resultado ou ele foi executado de forma indevida, é utilizada uma enzima chamada Hialuronidase para desfazer o preenchedor".

Vale lembrar que o Brasil é o país que mais se submete a procedimentos pláticos no mundo. O que tem um lado bom, por causa da autoestima, tem um lado que merece -e precisa- de atenção: A realização das cirurgias de forma indevida.

Quando feito em lugares irregulares e com pessoas que não são especialistas, além de ter uma chance maior do procedimento dar errado, pode trazer sequelas graves e, em casos mais graves, a morte!

Por isso, caso queira fazer, procure médicos confiáveis.

Último acesso: 16 May 2021 - 22:20:07 (1425).