saude   / Época de atenção

Estudo brasileiro cria sistema para prever surtos de Dengue e Febre Amarela no país

Ambas as doenças são transmitidas pelo mosquitos Aedes aegypt e sempre merecem a atenção das autoridades

Viva Saúde Publicado sexta 12 fevereiro, 2021

Ambas as doenças são transmitidas pelo mosquitos Aedes aegypt e sempre merecem a atenção das autoridades
Dengue - Pixabay

Quem diria que, na pandemia do novo coronavírus, ainda pensem em outras doenças? Mas no Brasil, é mais que necessário.

Isso porque, mesmo em 2020, quase um milhão de pessoas tiveram suspeita de dengue no país e agora no verão, época em que o mosquito se reproduz, é motivo de atenção.

+++LEIA MAIS: Com medo de colapso, Portugal prorroga lockdown

Assim sendo, pesquisadores brasileiros foram capazes de criar todo um sistema de monitoramento, que vai durar cinco anos, para conseguir traçar um "mapa" dos vírus a fim de prevenir novas epidemias dessas doenças.

Chikungunya, Zika, Febre Amarela e Dengue são consideradas, pelas autoridades, endemias brasileiras, já que, com certa frequência, causam estragos e surtos no país.

Esse estudo e monitoramento será feito por mais de dez instituições nacionais e internacionais.

 

Último acesso: 11 Apr 2021 - 06:29:51 (1568).