saude   / Na luta conta o coronavírus

São Luís, MA, é a 1ª capital brasileira a vacinar contra a Covid-19 pessoas a partir de 18 anos sem comorbidades

O Maranhão tem uma população de 732 mil pessoas na faixa etária dos 18 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Viva Saúde Publicado quarta 23 junho, 2021

O Maranhão tem uma população de 732 mil pessoas na faixa etária dos 18 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
São Luís se torna a primeira capital a vacinar pessoas a partir de 18 anos sem comorbidades contra a Covid-19 - Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images

Nesta última terça-feira, 22 de junho, a cidade de São Luís, capital do estado do Maranhão, foi a primeira capital do Brasil a atingir a meta de vacinar pessoas a partir dos 18 anos sem quaisquer comorbidades contra a Covid-19. O dado foi compartilhado a princípio pelo portal de notícias G1.

Vale lembrar que, ao final do mês de maio, o Maranhão precisou lutar não apenas para proteger a população contra o coronavírus, mas contra a cepa indiana que atingiu oito pessoas, seis no estado nordestino em questão, uma no Rio de Janeiro e uma em São Paulo.

+++ Manaus não registra mortos por Covid-19 em 24 horas pela primeira vez em 7 meses

+++ Johnson & Johnson: Estados Unidos vai enviar 3 milhões de doses do imunizante contra Covid-19 para o Brasil

O Maranhão tem uma população de 732 mil pessoas na faixa etária dos 18 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2020. Esta é a idade mínima dentro do Plano Nacional de Imunização (PNI), desenvolvido pelo Ministério da Saúde, para receber as doses das vacinas contra o coronavírus.

Em São Paulo, por exemplo, o governador João Doria (PSDB), anunciou que as pessoas com idades a partir dos 18 anos poderão ser vacinadas a partir de 11 de outubro de 2021.

Primeira cidade do Brasil a vacinar 100% da população adulta

A cidade de Alcântara, localizada no litoral do estado do Maranhão, se tornou em 16 de junho a primeira do país a vacinar 100% da população adulta local com a primeira dose dos imunizantes.

O município detém uma grande presença de grupos quilombolas, totalizando 204 quilombos com mais de 3,3 mil famílias, configurados como prioritários na campanha de vacinação do Ministério da Saúde. Clique aqui para ler a matéria completa.

Último acesso: 29 Jan 2022 - 10:36:19 (2700).