Publicidade

Plantar é atividade saudável e divertida para fazer com as crianças!

Por conta do contato com a natureza, plantio beneficia aprendizagem, concentração, criatividade e autodesenvolvimento das crianças; confira passo a passo!

Por conta do contato com a natureza, plantio beneficia aprendizagem, concentração, criatividade e autodesenvolvimento das crianças!
Plantar com as crianças é ótima atividade para fazer com as crianças! – Pexels/ANTONI SHKRABA

A infância é o momento principal para as crianças criarem memórias afetivas e desenvolverem suas habilidades, além de incentivar hábitos saudáveis e construtivos. Por isso, uma das melhores atividades para se desenvolver com crianças é o plantar! Isso porque o contato com a natureza, segundo diversos estudos, pode trazer uma série de benefícios no desenvolvimento humano, principalmente na aprendizagem, concentração, criatividade e autodesenvolvimento.

Publicidade

E, claro, quando praticada de maneira leve e divertida, criando um momento de interação, a atividade também é importante para construção de memórias. Plantar, acompanhado com o auxílio de um adulto, como os pais, avós e entre outras pessoas nos quais o pequeno tenha afeto, ajudará a construir lembranças afetivas, além de aprendizados sobre a natureza e a valorização do alimento.

Por isso, a ISLA Sementes, então, ensina o passo a passo para começar a plantar com as crianças e incentivar todos esses benefícios:

Plantar com as crianças: passo a passo

1. Para começar a plantar, você precisará de substrato para jardinagem, um local para plantar (sementeiras, ou vasos, floreiras ou um canteiro), as sementes e um borrifador com água.

2. Para as sementes, nossa sugestão é escolher hortaliças e temperos que sejam de plantio mais rápido e que as crianças gostem. Alguns exemplos são alfaces, couves, rúculas, cenouras, microverdes de diversas espécies, entre outros. Vale lembrar que a ISLA Sementes possui um vasto portfólio de sementes disponíveis e entrega para todo o Brasil.

Publicidade

3. Incentive a participação das crianças montando as sementeiras e os vasinhos com a sua ajuda. Dessa forma, ela expande o seu contato com a natureza e aprende a enxergar o plantio de uma forma diferente.

4. Juntos acompanhem o desenvolvimento da cultivar plantada e incentive-a a consumir o fruto quando chegar em sua etapa de colheita.

Além disso, para incentivar ainda mais a criatividade dos pequenos, nada melhor do que plantar microverdes em recipientes pequenos, como um pote, casca de ovo, embalagem de leite e iogurte. “Sugerimos o uso de microverdes de rabanete e agrião que são mais rápidos para colher e consumir, demorando de 1 a 3 dias. Caso queiram esperar um pouco mais, os microverdes de beterraba e acelga são ótimas opções”, por fim, explicam.

Publicidade

Siga a Viva Saúde no app Helo e receba todas as notícias do site de forma rápida e fácil de ler!