beleza   / Natural skin care

Óleos essenciais x pele: Com diferentes funções, eles podem ajudar a cútis ficar mais saudável e bonita

Há diversos tipos disponíveis e, quando associados, eles trazem benefícios enérgicos entre eles

VIVA SAÚDE Publicado quarta 28 outubro, 2020

Há diversos tipos disponíveis e, quando associados, eles trazem benefícios enérgicos entre eles
Óleos essenciais x pele: Com diferentes funções podem ajudar a cútis a ficar mais saudável e bonita - Freepik

Você provavelmente já ouviu falar dos óleos essenciais como base da aromaterapia — um tratamento holístico que utiliza alguns aromas naturais, provenientes de plantas, vegetais e flores, para trazer benefícios à mente e ao corpo. Mas você sabia que eles também podem ser ótimos para a sua pele? 

Pois é. Parece maravilhoso e é! Há diversos tipos disponíveis e, quando associados, eles trazem benefícios sinérgicos entre eles. Nas aplicações cosméticas, eles auxiliam na manutenção da pele e couro cabeludo. Uma única gota do líquido pode conter até 800 moléculas diferentes, tudo 100% natural!  

Mas, por serem altamente concentrados, você não pode, de maneira alguma, aplicá-los diretamente sobre a cútis. O correto é adicionar uma pequena quantidade em algo que você usa no dia a dia. Alguns exemplos são o óleo vegetal natural, hidratante, máscara, cremes de massagem corporal e até argila. 

 

+++ VEJA TAMBÉM: Dossiê do bronzeado saudável: como manter o bronze por muito tempo? O que fazer quando exagerar no sol? Dermatologista responde!
 
+++ VEJA TAMBÉM: Truque caseiro: 3 óleos que deixam as sobrancelhas mais cheias

 

MAIS ALGUNS MODOS DE USAR

Em conjunto com os produtos de uso diário: nesse caso, basta acrescentar algumas gotas do óleo essencial nos produtos de uso diário (limpadores, loção hidratante, tônicos e até xampu e condicionador); 

Máscaras: separe um pouco da sua máscara facial preferida (somente o suficiente para um uso), pingue duas gotinhas, misture e pronto. Aplique no rosto e deixe agir conforme a recomendação do produto;  

Compressas: acordou com alguma dor muscular ou torcicolo? Coloque de duas a cinco gotas em uma toalha e pressione sobre a região. Aguarde 15 minutos.  

 

PELES SECAS

Se a sua pele é seca, vale apostar nos óleos a seguir:

 

  • Gerânio: confere maciez aveludada e resgata a umidade natural da pele. Possui ação antioxidante, sendo especialmente recomendado para peles maduras. Ajuda a clarear e rejuvenescer, propiciando beleza e vitalidade.  

 

  • Lavanda: muito conhecido e consumido no mundo todo, esse óleo essencial é bastante seguro, inclusive para tratar queimaduras e evitar queloides. Tem ação antisséptica e promove regeneração celular, auxiliando na cicatrização de ferimentos.  

 

  • Palmarosa:  hidrata a pele, restaurando brilho, maciez e flexibilidade da mesma. Ajuda a clarear manchas e a combater dermatites, rugas e flacidez. Possui ação desodorante e regula a sudorese.  

 

PELES OLEOSAS

Se a sua pele é oleosa, vale apostar nos óleos a seguir:

  • Lavanda;
  • Sândalo;
  • Cedro;
  • Cipreste;
  • Sálvia;
  • Melaleuca: antisséptico muito eficaz contra bactérias, vírus e fungos. Além de ter propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e cicatrizantes que permitem que a substância seja usada como coadjuvante em tratamentos para acne e caspa. 

 

TODOS PODEM USAR?

Não. Grávidas, por exemplo, não podem apostar nos óleos sem antes ter a orientação de um especialista. Alguns compostos são prejudiciais para a mãe e para o bebê. 

Também, óleos mais ácidos, como o de bergamota, limão, grapefruit, laranja doce, laranja amarga e tangerina podem causar queimaduras na pele quando em contato com a luz solar. Portanto, é sempre importante prestar muita atenção na misturinha que você pretende fazer.

Consulte um dermatologista para saber o melhor tipo de óleo para você. 

Último acesso: 06 Dec 2020 - 01:37:03 (673).