saude   / Bruna Conde esclarece

Roncar não é normal e o hábito pode causar sérias consequências ao corpo, como falta de memória e até dificuldade de saciedade

Estima-se que entre 10 adultos, quatro deles roncam durante a noite; você sabia?

VIVA SAÚDE Publicado segunda 21 junho, 2021

Estima-se que entre 10 adultos, quatro deles roncam durante a noite; você sabia?
E o ronco, é normal? Bruna Conde responde! - Freepik/ jcomp

No vídeo desta semana, a dentista antenada, Bruna Conde, fala aos leitores da Viva Saúde sobre um assunto sensível aos casais: o ronco.

Estima-se que entre 10 adultos, quatro deles roncam durante a noite; você sabia?

+++ Inflamação na gengiva pode se espalhar pelo corpo e piorar casos de COVID-19 em pacientes; entenda!

Apesar desta ser uma atitude até que comum, ela merece atenção, porque pode causar cansaço, perda de reflexo, perda de memória e interferir na leptina, um dos hormônios que regulam a saciedade, fazendo com que as pessoas comam mais, sem se ter necessidade.

O ronco também pode causar a apneia obstrutiva do sono. Esse distúrbio consiste no fechamento total das vias aéreas, fazendo com que a pessoa tenha pequenas pausas respiratórias. Essa falta de ar impulsiona o organismo a lançar mais adrenalina, aumentando a pressão arterial e a resistência à insulina. Então, pessoas com apneia têm mais tendência a desenvolver diabetes e problemas cardiovasculares.

+++ Bruxismo x Dor de cabeça: o que os dois têm em comum? Dentista Bruna Conde explica

No vídeo, Bruna Conde também esclarece o porquê da taxa de homens que roncam é maior que a das mulheres e tira todas as dúvidas que envolvem o assunto!

Confira:


ACOMPANHE BRUNA CONDE

Último acesso: 03 Dec 2021 - 20:15:53 (2677).