saude   / Marcante!

Estudos mostram eficácia da maconha medicinal para diminuir efeitos da quimioterapia

A cannabis já tem eficácia comprovada para diversos tratamentos, como epilepsia

Viva Saúde Publicado sexta 22 janeiro, 2021

A cannabis já tem eficácia comprovada para diversos tratamentos, como epilepsia
Maconha medicinal - Pixabay

Apesar de ser ainda um tabu na sociedade, é inegável que a Cannabis tem a sua eficácia em usos medicinais.

O caso mais famoso é a de epilepsia, que o canabidiol evita da pessoa de sofrer novos ataques e crises.

+++LEIA MAIS: Nhammy! O bolo de fubá mais cremoso que você vai experimentar

Agora, segundo um estudo feito pela Universidade Federal de Santa Catarina, mostrou que a Cannabis pode também ser um aliado no tratamento de quimioterapia, atuando para amenizar os sintomas do procedimento.

A quimioterapia tem sintomas impactantes, como a baixa imunidade, queda de cabelo e muita fadiga.

"Além de controlar as náuseas e vômitos secundários à quimioterapia, a cannabis medicinal melhora o sono, a ansiedade e a depressão. Além disso, ela ajuda no controle da dor, permitindo uso de doses menores de opioides com diminuição dos efeitos colaterais", explica Maria Teresa Jacob, médica que desenvolve a medicina canabinóide com foco na dor crônica.

Apesar disso, a regulamentação é um fator que afasta essa provável solução das pessoas. 

Último acesso: 06 Mar 2021 - 15:06:04 (1390).