bem-estar   / Solução?

Trabalhadores de home office começam a relatar problemas físicos e mentais causados pelo modelo

O modo remoto, apesar de ser a maneira mais eficaz de conciliar o trabalho e o distanciamento, muitos estão tendo dificuldades

VIVA SAÚDE Publicado quarta 16 dezembro, 2020

O modo remoto, apesar de ser a maneira mais eficaz de conciliar o trabalho e o distanciamento, muitos estão tendo dificuldades
Home Office - Pixabay

O trabalho de casa, ou home office, como falado nas empresas, surgiu como uma grande solução para muitos negócios não precisarem fechar e, além disso, proteger seus funcionários da exposição do Coronavírus nas ruas.

Na tese, é maravilhoso... Pois é! Porque na prática, esse sistema não se mostrou tão benéfico para os funcionários como se imaginava.

+++LEIA MAIS: Brasil tem queda mínima em taxa de transmissão, mas continua com índice superior a um, segundo Imperial College

Em um estudo feito nos Estados Unidos, na Universidade do Sul da Califórnia, com mais de 1000 funcionários, mostrou que os trabalhadores começaram a relatar problemas de bem-estar, seja físico ou mental, causados pelo modo de trabalho.

Uma das principais queixas foi a falta de um local adequado, seja por mesa e cadeiras que não são aconselhadas para trabalho, ou até outros fatores, como a falta de um ambiente propício para o exercício da função.

Segundo o estudo, o tempo gasto trabalhando também aumentou em cerca de 1 hora e 30 minutos. A maioria dos entrevistados relatou, também, insatisfação em relação às suas atividades e dores no pescoço por estarem trabalhando de casa.

Outra relação importante que pode ser estabelecida no estudo é a insatisfação com o Home Office e o salário da pessoa. Os trabalhadores que recebem menos apresentam mais queixas, muito por conta de ter um poder aquisitivo menor e, com isso, não conseguir fazer um ambiente propício ao trabalho.

Último acesso: 19 Sep 2021 - 04:46:30 (1110).