Acredite e invista nesses 5 componentes de alto desempenho que estão presentes em cremes

Quem apostar nesses 5 ingredientes a partir dos 25 anos de idade está, de maneira simples, mas eficiente, oferecendo à pele uma poupança de bons nutrientes e dando a ela tudo que é necessário

VIVA SAÚDE Publicado sexta 7 maio, 2021

Quem apostar nesses 5 ingredientes a partir dos 25 anos de idade está, de maneira simples, mas eficiente, oferecendo à pele uma poupança de bons nutrientes e dando a ela tudo que é necessário
Acredite e invista nesses 5 componentes de alto desempenho que estão presentes em cremes - Freepik

Preservar o maior órgão do corpo, a pele, requer cuidado detalhado, com hidratação, reparação e proteção!

“O paciente que começa esse tratamento por volta dos 25 e 30 anos está plantando uma boa semente, fazendo uma poupança em saúde para a pele. Enquanto a hidratação é fundamental para manter a barreira cutânea da pele íntegra, a proteção evita os danos externos, principalmente da radiação solar e da poluição, e a reparação serve para combater os radicais livres que podem surgir mesmo com o uso de fotoprotetor”, explicou a farmacêutica Maria Eugênia Ayres.

E, com a correria do dia a dia, é mais importante apostar em uma rotina skincare simples, mas eficiente, do que em uma muito sofisticada, mas que não tem continuidade por ser muito complexa. É nessa hora que entra em cena os componentes de alto desemprenho presentes nos cremes.

Por isso, consultamos especialistas para te ajudar a escolher cinco ativos ideais para preservar completamente o alto nível da sua pele:

+++ VEJA TAMBÉM: 'Skincare natural': Abóbora, batata doce e frutas cítricas são capazes de melhorar a saúde e a beleza da pele
+++ VEJA TAMBÉM: Máscara de carvão ativado limpa profundamente a pele e controla a oleosidade; saiba como fazer

Retinol, retinoides e retinol-like

Eles são o que chamamos de ‘padrão ouro’ para redução de rugas em casa.

“São derivados da vitamina A, então estimulam a renovação celular e aumentam a produção de colágeno, reduzindo assim o aparecimento de rugas”, disse a Dra. Roberta Padovan.

‘Retinóide’ é o termo genérico para todos derivados, incluindo retinol, que você pode encontrar em produtos sem receita, e ácido retinóico, disponível sob prescrição. De qualquer forma, consultar um médico é vital nesse caso.

“Além da capacidade de redução de rugas, os retinóides podem suavizar a pele, uniformizar a textura e atenuar manchas escuras. Mas com grande potência vem o risco de irritação. Para evitar vermelhidão e descamação (sinais de que a forma ativa do retinol, um composto chamado ácido retinóico, está trabalhando para produzir mais colágeno), existem estratégias como começar a usar um retinóide duas vezes por semana e, em seguida, um hidratante. Após algumas semanas, podemos aumentar o uso para três vezes por semana”, afirmou a Dra. Roberta.

E como os retinóides podem torná-lo mais sensível aos raios ultravioleta, os especialistas recomendam usá-los apenas à noite, quando você não está exposto ao sol.

Vitamina C

Além disso, os benefícios da Vitamina C para o rosto, assim como para a pele do corpo em geral, são diversos, pois o ativo possui diferentes funções.

“A Vitamina C possui intensa ação antioxidante, propicia ação clareadora (previne e atenua manchas) e sequestra radicais livres, amenizando os danos causados pela radiação ultravioleta e retardando o envelhecimento intrínseco. Apresenta ainda papel fundamental no processo de síntese de colágeno, o que colabora para preservar a saúde da pele”, explicou a consultora Isabel Piatti. 

Hyaxel 

Coringa nas fórmulas anti-idade, o Ácido Hialurônico é um composto glicosaminoglicano, encontrado, naturalmente, na matriz extracelular da pele. Mas a penetração desse ativo deve ser alta, então a melhor opção é apostar no ácido hialurônico de baixo peso molecular, o Hyaxel.

“No caso do Hyaxel, por ele estar num tamanho menor, ele consegue permear para as camadas mais profundas e, dessa maneira, melhora a auto-hidratação do tecido conjuntivo e cria um reservatório hídrico. Além disso, ele estimula a renovação celular, com um efeito anti-idade”, explicou a farmacêutica Maria Eugênia. 

“Hyaxel aumenta a expressão de aquaporinas aumentando a hidratação nas camadas mais profundas e melhora a textura da pele. Por ser um ácido hialurônico ligado ao silício também tem atuação anti-idade importante ao promover estímulo de colágeno”, acrescentou. “Hyaxel é um potente antiaging com efeito preenchedor e firmador, capaz de promover hidratação profunda de dentro para fora, além de ser biocompatível com a pele, o que potencializa sua ação”, destacou a cosmetóloga Ludmila Bonelli. 

Ácido Ferúlico

O ácido ferúlico é uma substância aprovada como filtro solar no Japão, podendo desta forma ser utilizado em protetores solares ou produtos de combate aos efeitos nocivos dos raios UV. 

“Ele é um polifenol natural extraído da casca dos cereais integrais. Como todo polifenol, o Ácido Ferúlico é um poderoso antioxidante, assim protegendo as células da nossa pele, promovendo clareamento, ajudando no tratamento do melasma, prevenindo os danos do sol e tornando a pele iluminada, bonita e reluzente. O ativo pode ser incorporado em séruns, loções, cremes e mousses, não existindo contraindicação para aplicação. O Ácido Ferúlico, apesar do nome, não agride a pele, então pode ser utilizado em todos os tipos de pele e em qualquer horário do dia”, explicou o farmacêutico Maurizio Pupo

Uma característica muito importante é que ele tem a capacidade de estabilizar em até 90% a vitamina C pura. “Mesmo com esse poder protetor, o uso do filtro solar com FPS de no mínimo 30 após o uso do creme antioxidante, é fundamental para evitar os danos da radiação solar”, explicou Isabel.

Niacinamida

Os benefícios tópicos da Niacinamida (ou Vitamina B3) estão bem solidificados cientificamente.

“Essa vitamina já foi destacada em vários estudos que reforçaram sua intensa atividade antioxidante. Aplicada após algum dano, como o da radiação solar por exemplo, a Niacinamida aumenta o reparo do DNA e modula a reação inflamatória, com efeito calmante. A Niacinamida também é usada em cremes antimanchas e tem poder protetor contra a luz azul emitida por celulares e computadores, que piora as manchas do melasma”, completou a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff.

Segundo Isabel Piatti, a Niacinamida previne a acne e melhora a textura da pele. A Vitamina B3 também está relacionada a uma melhora da hidratação cutânea. “Essa vitamina essencial do complexo B é capaz de fortalecer a barreira da pele para reduzir o ressecamento, combater os sinais do envelhecimento, melhorar a textura, amenizar a aparência de manchas e diminuir a inflamação”, explicou a cosmetóloga Ludmila Bonelli. 

“Um estudo feito no Japão avaliou a aplicação tópica de Niacinamida versus a Hidroquinona no tratamento do melasma. Após análise dos resultados, foi constatado que a Niacinamida é tão eficaz quanto a Hidroquinona na redução de manchas escuras da pele, porém sem os efeitos colaterais, sendo por isso considerada superior”, finalizou Maurizio.

Último acesso: 24 Jul 2021 - 02:16:38 (2299).