bem-estar   / Acidez, não!

Hábitos x azia: Tomar café depois do almoço é uma das atitudes que pode causar esse desconforto

Controlar o consumo de alguns alimentos - como frituras - ajuda a evitar esse problema

VIVA SAÚDE Publicado quinta 29 outubro, 2020

Controlar o consumo de alguns alimentos - como frituras - ajuda a evitar esse problema
Hábitos x azia: Tomar café depois do almoço é uma das atitudes que pode causar esse desconforto - Freepik

Você sabia que são 20 milhões de brasileiros que, segundo a Organização Mundial da Saúde, são obrigados a lidar com a queimação no estômago causada pela azia?

O número levantado já é alto, mas tende a ser ainda maior, já que a maioria das pessoas que convive com o problema dificilmente busca um especialista na tentativa de resolvê-lo - o que é totalmente errado!

A azia é causada pelo refluxo de ácido gástrico (responsável pela digestão dos alimentos): ele segue do estômago para o esôfago, como se fosse retornar à boca. E, o tratamento do problema pode até incluir o uso de medicamentos, mas só isso não funciona. O método mais eficiente contra a queimação no estômago é a mudança de hábitos tanto em relação à sua dieta quanto à forma como os alimentos são consumidos.

 

+++ VEJA TAMBÉM: Agentes naturais! 4 ervas medicinais para tratar doenças no fígado

+++ VEJA TAMBÉM: Ir para a cama com o celular e fumar são hábitos que causam insônia; Veja mais


CUIDADO COM O CARDÁPIO 

Como exemplo, controlar o consumo de alguns alimentos - como frituras - ajuda a evitar crises de azia. Também, alimentos muito gordurosos devem ficar longe do prato de quem sofre com esse problema. Frutas ácidas, condimentos, embutidos e alguns tipos de verduras, como couve, couve flor, brócolis, repolho, nabo, rabanete, pepino e tomate também devem ser evitados, porque têm ph ácido.

Além disso, passar longos períodos em jejum aumenta as chances de azia. Isso acontece porque, quando uma pessoa fica sem comer, o ácido gástrico se acumula e pode refluir, irritando o final do esôfago. O indicado é comer a cada três horas para manter o sistema digestivo em funcionamento, sem sobrecarga na produção de ácido gástrico.

CAFÉ DEPOIS DO ALMOÇO

Outro hábito bastante comum que deve ser evitado por pessoas que sofrem com azia é tomar café após a refeição pois, a cafeína provoca um relaxamento demasiado no esfíncter, causando o refluxo de ácido digestivo para o esôfago. Duas xícaras diárias é o máximo recomendado para uma pessoa que sofre com esse problema.

EXCESSO DE PESO
E, pessoas que sofrem com o sobrepeso ou com obesidade têm maiores probabilidades de serem incomodadas com a azia, já que a pressão sobre o estômago (causada pelo excesso de peso) aumenta as chances dos ácidos gástricos sofrerem refluxo em direção ao esôfago.

LÍQUIDO X REFEIÇÃO 

Também, bebidas gaseificadas aumentam a pressão dentro do estômago, forçando os ácidos digestivos a seguirem em sentido inverso (refluxo gástrico). Outras bebidas, em excesso, acabam diluindo o ácido gástrico e obrigando o estômago a produzi-lo em maior quantidade.

Último acesso: 03 Dec 2020 - 06:48:40 (688).