saude   / Novembro

Novembro é o mês com o menor índice de óbitos durante a pandemia, no Brasil

O mês de novembro teve números menores de mortes por Covid-19, desde abril de 2020

Viva Saúde Publicado quinta 2 dezembro, 2021

O mês de novembro teve números menores de mortes por Covid-19, desde abril de 2020
Novembro tem menor número de mortes por Covid-19 - Pexels/Edward Jenner

Em meio a tantas incertezas sobre a pandemia e muitos períodos de tristeza e escuridão, uma notícia pode servir de luz nesse momento: o mês de novembro de 2021 teve o menor número de óbitos por Covid-19 no Brasil desde abril do ano passado. Muitas vidas foram perdidas pela doença, somando, até agora, pouco mais de 615 mil mortes no país, conforme dados do Consórcio de veículos de imprensa. 

Os índices do Consórcio mostram que em abril de 2020 foram registrados 5.804 casos de óbitos, em comparação com 82.401 no mesmo mês de 2021. Já em novembro, foram contabilizadas 6.894 mortes pela doença

O cenário pode ser esperançoso, mas isso não significa o abandono de medidas protetivas como: uso de álcool em gel e de máscaras, evitar aglomerações e buscar praticar o distanciamento social. Além da importância da vacinação que, no Brasil, está em 63% da população completamente imunizada.

+++ Cidade de São Paulo começa a aplicação da Pfizer como segunda dose para quem recebeu a Janssen; Veja como irá funcionar

+++ Terceiro caso da variante Ômicron é confirmado no Brasil

ESTADO COM MENOR ÍNDICE DE ÓBITO EM NOVEMBRO 

O estado que apresentou a maior queda de óbitos foi o Paraná, de 1.412 mortes em outubro para 285 em novembro. E em relação à taxa total de mortes por Covid-19 no país neste mês, São Paulo representou 30% desse índice, o equivalente a 2.075. 

SÃO PAULO MANTÉM USO DE MÁSCARA E CANCELA RÉVEILLON

Com a preocupação de um novo surto do vírus, ainda mais com a chegada da variante Ômicron, o município de São Paulo decidiu manter o uso obrigatório de máscaras. Além disso, a festa de ano novo também foi cancelada pela prefeitura

"Evidentemente o que pesou muito foi a questão da nova variante, que no atual momento é necessário que os técnicos da vigilância sanitária acompanhem e atuem em relação a essa variante", disse o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, em coletiva em Nova York.

Último acesso: 29 Jan 2022 - 10:34:14 (3647).