saude   / Banhos quentes

Coceiras no corpo ou pele ressecada? O banho muito quente pode estar por trás dessas aflições

Você até pensar que está relaxando, mas a alta temperatura da água desgasta a pele e pode acarretar diversos problemas

Jennifer de Carvalho com supervisão de Marina Pastorelli Publicado sexta 17 setembro, 2021

Você até pensar que está relaxando, mas a alta temperatura da água desgasta a pele e pode acarretar diversos problemas
Problemas na pele com banhos quentes - Pexels/Karolina Grabowska

Quem não gosta de tomar aquele banho quentinho para relaxar, não é mesmo? Mas desde que a água não esteja muito quente, caso contrário você pode estar prejudicando a pele do seu corpo. 

Na cartilha “Guia do Banho”, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) destaca: “A água quente contribui com o ressecamento da pele e dos cabelos”. Isso porque a prática retira a oleosidade natural da pele, em que a alta temperatura pode desgastá-la, levando até mesmo à descamação e rachaduras.

Além disso, problemas com coceiras e até mesmo doenças como dermatites geralmente são agravadas. No lugar de uma pele suave, a região fica áspera e exposta a bactérias. Evitar aqueles banhos “pelando” é o ideal, e mesmo após uma ducha fria ou morna, lembre-se de hidratar a pele, principalmente entre os dedos dos pés, na virilha e axilas. 

+++ Por que não usar bucha durante o banho na pele com dermatite? Especialista explica

+++ Sem odor e sem substâncias tóxicas! Saiba como fazer 2 tipos de desodorantes caseiros

Vale ressaltar que a duração no chuveiro deve ser de no máximo 10 minutos pois, além de banhos longos até os dedos ficarem enrugados não serem benéficos para o corpo, esse é um hábito insustentável para o meio ambiente. 

Último acesso: 26 Oct 2021 - 01:34:50 (3289).