saude   / Vacinação

Chile começa aplicar 3ª dose das vacinas contra a covid-19; país é o primeiro da América do Sul

Com o avanço da variante Delta, o Chile decidiu revacinar a população com a terceira dose dos imunizantes

Viva Saúde Publicado sexta 13 agosto, 2021

Com o avanço da variante Delta, o Chile decidiu revacinar a população com a terceira dose dos imunizantes
Chile está reforçando a imunização da população com uma terceira dose da vacina - Getty Images/ Marcelo Hernandez

O Chile é o primeiro país da América do Sul que tomou a iniciativa de revacinar a população com uma terceira dose dos imunizantes contra a covid-19. 

Em meio ao avanço da variante Delta, que é potencialmente mais transmissível, o governo chileno lançou nova fase de imunização que tem como público alvo adultos com mais de 55 anos. Espera-se que 2 milhões de pessoas nesta faixa etária se revacinem no país. 

+++ São Paulo fecha 3500 leitos de UTI com queda de internações por covid-19

A campanha tem como propósito reforçar a imunidade de pessoas que já receberam as duas doses da vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac. 

O país começou a aplicar as vacinas nesta quarta-feira, 11, tornando-se o primeiro da América do Sul a adotar a medida, considerando que, embora o Uruguai já tenha aprovado a medida, ainda não a colocou em prática. 

+++ Na China, novo surto de covid-19 atinge setores de hospedagem, viagem e serviço

O Chile começou a vacinar sua população contra o novo coronavírus em fevereiro deste ano e até o momento já imunizou com as duas doses 82,44% da população-alvo. 

 

Último acesso: 03 Dec 2021 - 19:49:28 (3097).