saude   / benefícios para o corpo

Musculação beneficia idosos, atua no combate de problemas emocionais e melhora a postura corporal

Fisiologista do exercício, Bianca Vilela explica o porquê incluir a academia na rotina é importante para pessoas de todas as idades

Artigo de Bianca Vilela para Viva Saúde Publicado terça 15 dezembro, 2020

Fisiologista do exercício, Bianca Vilela explica o porquê incluir a academia na rotina é importante para pessoas de todas as idades
Musculação para manter a saúde mental e física - Freepik

Trabalho com treinamento físico há muitos anos, mais precisamente desde 1998, e defendo os benefícios da musculação com unhas e dentes, já que ela é a base para qualquer esporte e um eficiente preventivo para lesões osteomusculares.

O treinamento resistido é fundamental para manter a força muscular, a aptidão cardiorrespiratória, o equilíbrio e a longevidade metabólica.

Nem todos sabem, mas a musculação é eficaz para a perda de peso, já que promove  um gasto calórico elevado quando realizada em alta intensidade ou como treinamento de longa duração. 

Temos dois cenários para exemplificar esta potência metabólica:

- Treinos com muita carga e poucas repetições (devemos lembrar que estes são apenas para praticantes avançados, para que ocorra risco de lesões ou demais problemas de saúde);

- Treinos com pouca carga e muitas repetições. Existem formas diferentes de trabalhar esta modalidade, inclusive com séries em tempos marcados (30 segundos, 01 minuto ou até um pouco mais) – vejo poucos profissionais de educação física expandindo as possibilidades para alterar o estímulo e para que o aluno não enjoe.

Na minha opinião, o seu principal benefício está relacionado ao ganho de massa muscular, afinal quanto mais músculo, melhor e mais rápido será seu metabolismo. Por este motivo, pessoas idosas podem ter um metabolismo mais ativo que um jovem de 20 anos! 

IMPORTÂNCIA PARA OS IDOSOS

E por falar em idosos? Acho que todos já tiveram um tio ou avó que caiu no banheiro e fraturou o fêmur (osso mais duro do corpo!) e por qual motivo? Pois a maioria dos idosos não têm forca nos músculos e também devido a uma doença muito comum com o avanço da idade: a osteoporose.

Pois bem, a musculação ajuda nestes dois problemas: melhora a força para que a pessoa não sofra quedas e reduz a chance de desenvolver osteoporose, por meio de um processo denominado “pizoelétrico” -- que é: a sobrecarga gerada pelo exercício acarretará no fenômeno conhecido como efeito piezoelétrico, onde a energia mecânica se transforma em energia elétrica no sistema musculoesquelético, favorecendo a entrada de íons de cálcio no osso.

MUSCULAÇÃO: QUANTAS VEZES POR SEMANA É SAUDÁVEL?

Recomendo praticar musculação pelo menos três vezes por semana. Mas existe um segredinho de especialista! Não permaneça eternamente com o mesmo treino, você precisa variar entre três fases -- converse com o seu personal ou orientador sobre elas:

1) Resistência muscular: pouca carga e mais repetições;
2) Hipertrofia: gradualmente vá aumentando a carga e diminuindo as repetições;
3) Força: siga progredindo na carga e reduzindo ainda mais o número de repetições (existem treinos intensos de força com apenas 01 repetição). Recomendo o treinamento de força sempre acompanhado de um profissional de educação física qualificado.

E para te convencer definitivamente que a musculação deve te acompanhar por toda vida, aqui vão outros insights:

Melhora a postura corporal: chega de ombros caídos! Os músculos das costas manterão a sua postura altiva e saudável. Além disso, as dores e desconfortos posturais passarão bem longe de você, bom demais, não é?

Manutenção do peso saudável: um desejo de muitos, que é realizável para os adeptos da modalidade;

Manutenção do metabolismo “acesso” por até 24 horas após o treino -- isso pouca gente sabe!

Combate problemas emocionais: por promover a liberação da endorfina, que é o hormônio responsável pela sensação de bem-estar, a musculação pode ser uma ótima alternativa para aliviar o estresse, diminuir os sintomas de ansiedade e, até mesmo, combater a depressão. 

Diminui o risco de doenças metabólicas, como diabetes tipo 2, hipertensão e colesterol nas aturas.

 



BIANCA VILELA é mestre em fisiologia do exercício pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), palestrante e produtora de conteúdo. Desenvolve programas de saúde in company em grandes empresas por todo o país há mais de 15 anos. 

Instagram: @biancavilelaoficial

Último acesso: 24 Jul 2021 - 00:31:11 (1099).