Psicanalista explica como o desrespeito aos mais velhos é até mesmo falta de inteligência

"A cultura do desrespeito aos idosos é a prova da ignorância humana", pontua o PhD Fabiano de Abreu

Viva Saúde Publicado segunda 29 novembro, 2021

Especialista fala sobre desrespeito aos idosos - Pexels/Ivan Samkov

O PhD neurocientista, psicanalista e neuropsicólogo Fabiano de Abreu explica em seu artigo a razão científica pela qual desrespeitar idosos não é algo racional: “A inteligência está relacionada à prevenção, ao abstrato, imaginação, planejamentos futuros. Quando 'zombamos' dos idosos, não estamos sendo inteligentes, já que estamos influenciando uma cultura de desrespeito aos mais sábios e mais experientes”, justifica o psicanalista.

Em seu artigo, o psicanalista explica que quando promovemos uma cultura do desrespeito aos mais velhos, estamos automaticamente estimulando o desrespeito a si próprio caso um dia tenhamos a oportunidade de viver até a terceira idade. Além disso, Fabiano de Abreu destaca que a sabedoria pode ser transmitida através das histórias contadas pelos antigos, uma tradição milenar do homem que esbanja conhecimento advindo de sua trajetória.

+++ QI define inteligência e influencia nas demais inteligências, como aponta especialista

+++ Seu cachorro sabe quando você está alegre ou bravo, como aponta estudo. Confira como isso ocorre

SABEDORIA DOS IDOSOS

“Os idosos são como um livro de lições que nos ensina como ser melhores, para que não cometamos os mesmos erros que eles já vivenciaram”, declara Fabiano de Abreu em seu artigo. Segundo o neurocientista, é importante olhar para os idosos com reverência e agradecimento, para que assim o homem possa sair do estado de ignorância e transcender para um novo estado repleto de sabedoria. 

“Conhecimento nunca é demais”, frisa o neurocientista e psicanalista Fabiano de Abreu, membro da Federação das Sociedades Europeias de Neurociências (FENS). Ele afirma que com o conhecimento o homem pode traçar um caminho mais enriquecedor e com mais chances de sucesso.


Sobre a fonte:

Fabiano de Abreu é PhD, neurocientista, mestre psicanalista, biólogo, historiador, antropólogo, com formações também em neuropsicologia, psicologia, neurolinguística, neuroplasticidade, inteligência artificial, neurociência aplicada à aprendizagem, filosofia, jornalismo e formação profissional em nutrição clínica - Diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito; Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, UniLogos; Membro da Federação Européia de Neurociências e da Sociedade Brasileira e Portuguesa de Neurociências. Universidades em destaque: Logos University International, UniLogos, Nova de Lisboa, Faveni, edX Harvard, Universidad de Madrid.

Último acesso: 29 Jan 2022 - 09:41:09 (3631).